A vida virtual como válvula de escape

A vida virtual como válvula de escape

Por Rafael Arcanjo | Em 17.02.07 | Categorias: Blogosfera, Geek/Nerd, Web

A vida geek começa desde pequenoO cenário é mais ou menos este: Você está em um blog / fórum / lista de discussão (ou qualquer local virtual onde se reunem mais de 5 pessoas. Games online como Second Life também se encaixam aqui) e daí a pouco surge um assunto polêmico. Começam as mensagens mais quentes e opniões controversas. Mais mensagens, agora num tom mais ofensivo, quase de agressão. Flames voam por todos os lados. Pronto, agora já é agressão mesmo, com direito a palavrões e a solicitar que a progenitora alheia vá para um lugar não muito adequado. A coisa parece ficar séria, porém os “machões” nunca se encaram e marcam um duelo real. Continuam se agredindo apenas virtualmente.

Quem frequenta listas de discussão e fóruns sabe bem como a situação é desagradável (e infelizmente, rotineira). Se escondem atrás de um computador. E ali, na frente do monitor, o mundo parece não ter fronteiras:

  • Podem ser foras-da-lei (vide script-kiddies);
  • Podem ser super-homens (o exemplo dos machões ali de cima se encaixa aqui);
  • Podem ser os garanhões, que se acham o próprio Don Juan ou o Rocco

Atrás deste comportamento agressivo, corajoso ou galanteador que se vê diante de seu monitor, na maioria das vezes existe um adolescente de 12 ~ 17 anos, com rosto erupcionando em espinhas e corpo um pouco maior que um frango de granja.

E porque nunca marcam um duelo real ? Porque a vida real tem regras. Rígidas. Dificilmente esta discussão aconteceria frente-a-frente sem que os dois saissem no tapa. E, possivelmente o mais franzino levaria a pior.

Este tipo de individuo é conhecido no mundo virtual como Troll. E, como não podia deixar de ser, também são abominados pelos blogueiros. Nos blogs, em particular, o Troll tem uma facilidade muito grande de conseguir se propagar, porque assim como uma lista de discussão, existe uma grande facilidade em comentar um post e de acompanhá-lo, tanto pelo uso de feeds quanto de ferramentas como o Subscribe To Comments. Além disto, a blogosfera está repleta de conteúdo dos mais variados, um prato cheio para o Troll.

Longe de mim dar uma de psicólogo agora, porém creio que o comportamento do Troll se deve ao fato de como o mesmo foi criado pelos pais, como é o convívio com os amigos de escola desde a infância e como é o relacionamento deste com as mulheres (se existe). Imagino que o Troll seja um adolescente que foi mimado quando criança, acostumado a todos falando SIM e concordando com suas opniões. Quando existe uma pessoa que opine contra, começa o Flamewar.

Como combater o Troll ?

Existem várias formas de se combater o Troll, depende do lugar onde o mesmo está agindo. Neste artigo na wikipédia sobre os arruaceiros virtuais você encontra algumas. Como o foco aqui são blogs, abordarei este nicho. Porém, apenas abrindo uma exceção para um caso de expulsão no Second Life.

Dentre os blogs, peguei a opinião de 2 dos mais influentes blogueiros brazucas. Edney Souza, famoso InterNey e Carlos Cardoso, do Contraditorium. Vejam as medidas que os dois blogueiros tomam para combater esta praga virtual.

Edney – InterNey.net

Com um dos blogs mais acessados do Brasil, problemas com opiniões divergentes não faltam nos posts do InterNey.net. Muitos palavrões, discussões acaloradas (te lembra algo?)… Kaptchas não resolveram nem filtros de palavras. Para contornar a situação, o Edney usa um sistema customizado, desenvolvido por ele mesmo e baseado no falecido B2. Este sistema consiste em uma autenticação do comentário através de um email de confirmação. Conforme o mesmo relata, o sistema funciona. Tão bem que desencoraja até um leitor legitimo do blog, que pode ficar com preguiça de comentar, abrir o email, clicar no link de confirmação para aí sim ver seu comentário postado.

De acordo com o próprio Edney: “Se você não chegou nesse extremo eu recomendaria não usar porque desencoraja muita gente a escrever, e comentários são uma parte importante do blog, eu realmente cheguei num ponto que não via outra solução, era fazer isso ou retirar os comentários.”

Carlos Cardoso – Contraditorium

Os trolls não devem ser simplesmente exterminados. Os trolls podem ser uma grande fonte de entretenimento, leitores fiéis adoram trolls. Eles são inofensivos, só sabem ladrar. E mal.

O Troll é, antes de tudo, um masoquista. Ele gasta tempo e dinheiro para visitar repetidas vezes um website que não gosta, com argumentos e idéias que não o agradam, para ser minoria absoluta, expondo-se ao ridículo.

Se eu tivesse coração, teria pena desses seres patéticos.

Há várias formas de lidar com eles. Vejamos algumas das minhas preferidas:

  • Mostre que nem como troll ele é competente – Uma vez um idiotinha criou uma comunidade “Eu odeio Carlos Cardoso”, no Orkut. Eu não só fiz propaganda da comunidade, como criei um post no estilo Chuck Norris, com “Fatos sobre o Cardoso”. Resultado? Um monte de leitores e amigos meus ecomeçou a visitar a tal comunidade, e a postar fatos escabrosos. No nível “engravidou minha irmã e sumiu”. O dono viu que estava fazendo papel de idiota e apagou a comunidade. Se é pra me trollear, sou melhor do que ninguém
  • Argumento Factual vs grunhidos animalescos – O Troll grita, xinga, reclama. Responda com fatos. Ele vai se irritar e perder a linha. Ah, os fatos não são para o Troll, eles não acreditam nessas coisas. Os fatos são para seus leitores.
  • Perca a linha com elegância – Em uma ou duas respostas um bom autor pode fazer um troll começar a xingar. Responda, mas não desça ao nível dele. Dá para xingar muito um troll, sem usar um palavrão.
  • Desmascare. É muito fácil identificar pelo IP quando o Troll está mandando mensagens de apoio a si mesmo. Outro dia uma retardadinha postou 4 comentários, um atrás do outro, me xingando e elogiando o comentário ofensivo original. Postei um “aviso aos navegantes” alertando do fato. Ela desapareceu.
  • Desmistifique a idéia de que blogs são democracias. Não são. Se você acha que seu blog é democrático, então me dê a senha de admin. Blogs são veículos privados, propriedade e responsabilidade de indivíduos ou organizações, e comentar é um privilégio. Explique ao Troll que você está sendo MAGNÂNIMO ao deixá-lo comentar. Edite um comentário dele e coloque um [[VIU? Eu posso, você não pode]] no meio do texto. Quando ele entender que seus maiores textos revoltados só aparecem porque VOCÊ quer,
    ele se sentirá humilhado e partirá.
  • Bloqueie o IP. Troll são burros por natureza. Não conhecem o conceito de Proxy. Mais ainda, são preguiçosos. Não vão ter paciência de ficar procurando novos proxies, quando os antigos forem moderados por você.
  • Use as próprias palavras do Troll contra ele. 100% dos trolls são semi-analfabetos. Leitores conscientes sabem que gente que critica a sua “enteligência” dificilmente tem um bom argumento. Aponte isso.
  • Acima de tudo, divirta-se. Lembre-se, palavras podem SIM machucar, mas só se vierem de gente que você tem um mínimo de respeito e consideração. Eu não perderia uma noite de sono por ser chamado de babaca pela Cicarelli.

O J.Noronha do “O Fim da Várzea” também escreveu um post, inspirado no artigo “What to Do when Your Blog is Attacked” do Darren Rose. Vale a pena dar um pulo para ler as dicas dele.

Na minha opinião, seja como for, evite os Trolls. Siga o jargão, “Dont’ feed the troll” (em tradução literal, Não alimente o troll), ou seja, não dê corda para o bagunceiro. Muitas das vezes a intençao é apenas mexer com o emocional da outra pessoa. Através disto começa-se uma discussão sem fim, onde os argumentos já nao são tão importantes, o que importa é a ofensa. E não é este o intuito dos espaços virtuais, sejam eles quais forem.

Smartwatch U8 Relógio Inteligente Bluetooth Android Iphone
Smartwatch U8 Relógio Inteligente Bluetooth Android Iphone
Mais info»
R$ 132.9
até 12x de R$ 12.85
Apple Iphone 6 64gb Tela 4.7 4g A1549 Anatel Garantia Apple
Apple Iphone 6 64gb Tela 4.7 4g A1549 Anatel Garantia Apple
Mais info»
R$ 2996.66
até 12x de R$ 289.65
Apple Iphone 6 16gb Tela 4.7 Garantia Brasil 1 Ano
Apple Iphone 6 16gb Tela 4.7 Garantia Brasil 1 Ano
Mais info»
R$ 2638.98
até 12x de R$ 255.08
Apple Iphone 6 64gb 4g A1549 1 Ano Garantia Sedex Grátis!
Apple Iphone 6 64gb 4g A1549 1 Ano Garantia Sedex Grátis!
Mais info»
R$ 3345.99
até 12x de R$ 278.83
Tela Display Touch Original Apple Iphone 5s - Branco E Preto
Tela Display Touch Original Apple Iphone 5s - Branco E Preto
Mais info»
R$ 144.99
até 12x de R$ 14.01
Powered by MLV Contextual  

Tags: , , , , , , , , , , , ,


Apaixonado por tecnologia, Cruzeirense e Nerd. Trabalha com TI há mais de 12 anos, porém ficou fascinado com computadores bem mais cedo quando viu o que aparentemente era um 286 rodando um joguinho de corrida via disquete de 5 1/4.

« »

14 Comentários

  1. Anônimo

    A vida virtual como válvula de escape…

    Artigo que mostra um pouco sobre o Troll e como combater esta praga em seu blog. Com dicas do Edney (Interney) e do Cardoso (Contraditorium)….

  2. Alexandre Fugita

    Uau! Muito bom esse texto, com certeza vai virar referência em discussões sobre o assunto. Ainda bem que não tenho trolls em meu blog. Na verdade acho que até já apareceram. Mas sumiram na mesma velocidade, ufa!

    Abraços e parabéns pelo post!

  3. j. noronha

    Muito bom o artigo, não sei se é cíclico ou porque não ando abordando assuntos polêmicos ultimamente, mas os trolls sumiram nos últimos tempos. Como dizia John Wayne, o que mais me preocupa é que não vejo nenhum índio há horas…

  4. Silvano Vilela

    Muito bom, textos com boa explicação, links, referências e um assunto que eu acho que não se esgota jamais. abração…

  5. […] casa (home), acreditando que, por sermos defensores da democracia, isto ser aceito de bom grado. O Rafael Arcanjo publicou um timo texto sobre o tema. (Tal como ele, eu tambm j detectei, pelo IP, comentrios fakes em que o Troll faz um novo […]

  6. Mario

    Adorei o artigo. Muito bom mesmo. Tive problemas uma vez num grupo do google, ficava muito irritado porque o grupo tratava de assuntos religiosos e só queria promover auxílio virtual aos integrantes, mas, cara, vez por outra, a coisa ficava feia. Pessoas são mesmo dificeis de lidar. Aprendi muito. Obrigado. Vou usar as técnicas no meu blog. Abraços, Mário.

  7. Rafael Arcanjo

    Alexandre e Noronha,
    Eu nunca tive trolls, graças a Deus. Nada tão chato quanto estes seres.

    Silvano e Mario,
    Obrigado! Os créditos também são do Cardoso e do Interney.

    []’s

    Rafael Arcanjo
    Arcanjo.org
    Imperador.org

  8. Neto

    Amigo!
    Seu post me serve como referência. Agora já saberei o que fazer quando um desses “apoquentadores” vier ao meu blog falar bobagens.
    Obrigado.

    Valeu!
    Artigo muito bom! :D

  9. Sergio Lima

    Que eu me lembre. nunca tive trolls no meu blogue… penso que para combatê-los vale a máxima que serve em qualquer lugar: gentileza gera gentileza!

    []’s

  10. Thássius Veloso

    Tive uma troll que realmente me perturbou, exatamente por me atacar sem qualquer motivo. Acabou gerando um “post-resposta”, a fim de expor o comentário desaforado para o mundo.

    Agora, quando acho necessário apago os comentários escabrosos ou ofensivos. Fora isso, viva a democracia! xD

  11. RAFAEL VIEIRA

    QUERO CONHECER A VIDA DO
    ARCANJO RAFAEL

  12. Lu

    Excelente artigo. O diadefolga nunca teve problemas com trolls, mas está acontecendo tanta coisa que “nunca antes neste país” aconteceu, que não duvido que logo chegue meu dia!

  13. Faz sentido

    […] É, não queria falar, mas eu já sabia. […]

  14. R.Doria

    po cara não curti o q vc escreveu!!
    vo t soca a mão na cara!!

    haUhaUA brincando…
    bom texto…

Deixe uma resposta

Utilize o formulário abaixo para deixar uma resposta no Arcanjo.org. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios.