Joga pedra na GENI

Joga pedra na GENI

Será que uma nova rede está por vir ?

Por Rafael Arcanjo | Em 03.08.08 | Categorias: Tecnologia, Web

Apesar de estarmos já fartos de ouvir que uma nova internet está a caminho, temos agora o anúncio que nova rede está (mesmo) por vir. É o que fala a matéria “EUA querem ‘reconstruir’ a internet por US$ 350 Milhões“. Mas não se iluda com o título caça-paraquedistas da matéria global.

O objetivo é a criação de uma nova rede, paralela à internet que temos hoje (e não necessariamente compatível com a atual) onde os pesquisadores podem criar “várias internets” dentro dela. O nome do projeto ? GENI (Global Environment for Network Innovation ou Ambiente global de inovação na rede).

Dentro de cada rede separada, os pesquisadores podem desenvolver, testar, experimentar. Tudo isto com velocidades acima de 10 gbps (gigabits por segundo), para não estressar a rede de hoje.

É uma idéia muito interessante, porém bem cara e não necessariamente tão funcional. Explico.

Os experimentos podem trazer segurança em um cenário construído especificamente para tal, entretanto na rede de hoje estas concepções seguras não necessariamente serão compatíveis. Mesmo se forem, todo mundo sabe que não existe nada 100% seguro que dure para sempre. Principalmente no que diz respeito à internet. O caso da Falha do DNS que o diga.

Enfim, torço muito para dar certo. Tudo que diz respeito a novidades no ambiente que estamos vivendo hoje de insegurança, phishing, virus, spam consumindo uma parte gigante do tráfego da grande rede é bem vindo.

Que venha a GENI. Sem pedras e porradas.

Tags: , ,


Apaixonado por tecnologia, Cruzeirense e Nerd. Trabalha com TI há mais de 12 anos, porém ficou fascinado com computadores bem mais cedo quando viu o que aparentemente era um 286 rodando um joguinho de corrida via disquete de 5 1/4.

« »

648 Comentários

  1. Fernando Kanarski

    A criação de uma nova rede abre esperança para uma internet mais rápida, estável e, porque não, mais acessível!

    Como sempre, o projeto começo nos Estados Unidos, no meio acadêmica.

    Ah e a tal internet2? Seria a tia Geni?

  2. Rafael Arcanjo

    Fala Nando,

    Não sei se você está falando de algo como o conceito de web2.0 (internet 2.0 ?) ou o consórcio Internet2. O consórcio Internet2 está envolvido também no projeto da tia GENI, provendo 10gbps de banda dedicada para os experimentos. Tem potencial para criar algo esta rede paralela.

    Tomara que seja algo que os pesquisadores saibam tirar proveito.

  3. Wallace

    mas efetivamente os pesquisadores precisam disso?

  4. Rafael Arcanjo

    Então Wallace, eu creio que sim. Pelo que entendi, os caras vão ter “várias internets” dentro deste projeto. E este experimento não precisa necessariamente ter compatibilidade com o que temos hoje.

    Então imagino que não teria como fazerem estes testes na nossa web, sem influenciar em mudanças de estruturas e perda de desempenho.

    Obrigado pela visita.

  5. prof.vaz

    […] eu vejo com bons olhos a existência de novas redes, é quase um advento do “futuro” mostrado nos filmes[…]

  6. Rafael Arcanjo

    Ei Vaz,

    Pois é, eu também. Por isto fiz questão de divulgar aqui, pois pode ser algo que nos dê alguma novidade interessante no futuro. Espero que sim.

    Abraços

  7. Nane Drumond

    ô amigo….

    olha eu aqui te visitando :)

    Beijinhos…

  8. Carol

    Acho que esse tráfedo imenso de spam deveria acabar, é detestável ficar recebendo spams, principalmente pishing. Não tem como as hospedagens darem um jeito?

  9. Rafael Arcanjo

    Então Kaká,

    As hospedagens (pelo menos as sérias) sempre fazem o que podem, aplicando filtros anti-spam, otimizando os programas de envio e recebimento de email e mantendo-os sempre atualizados.

    Mas da mesma forma que eles estão se prevenindo, os malditos spammers estão se especializando também. Hoje já recebemos muito menos spams que antigamente, mas o problema é que o tráfego de spam continua. Porque ?

    O spam chega no servidor da sua hospedagem. Sua hospedagem bloqueia para que ele não chegue até você. Você não recebeu porque foi filtrado, mas o spam já saiu do servidor que o maldito spammer enviou, percorreu todo um caminho na internet até chegar na sua hospedagem. Então o tráfego, que é a fonte dos problemas hoje na rede, continuam.

    Deveria ter uma forma mais eficaz de barrar isto na raiz, mas eu acho que só matando esta raça toda.

  10. leo Lima

    Eu nao vejo com bom olhos essa iniciativa…
    Principalmente partindo do atual governo americano.

Deixe uma resposta

Utilize o formulário abaixo para deixar uma resposta no Arcanjo.org. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios.

Você deve estar logado para postar um comentário.