Microsiga na Folia

Microsiga na Folia

Por Rafael Arcanjo | Em 17.03.07 | Categorias: ERP, Microsiga, Tecnologia

Carnaval na Bahia. Muita festa, alegria, gente bonita, etc, etc. Coisas boas e coisas ruins. Mas, é assim no mundo inteiro, paciência. Todo mundo que pensa no carnaval de Salvador pensa em se esbaldar no meio do povo, curtir atrás do trio elétrico com sua banda favorita. E é certo que o que ninguém quer é, na hora de comprar o abadá, ficar esperando durante HORAS na fila.

Aí você me pergunta: O que isto tem haver com tecnologia, Rafael ?

Tem haver com a notícia que li agora pouco. Tudo bem que é do mês passado, mas não deixa de ser relevante.

Nela, a protagonista da história é a empresa Axé Mix (de ninguém mais, ninguém menos que Ivete Sangalo), que conta com o Protheus, sistema ERP da Microsiga. Os abadás são vendidos tanto online (o que é tendência, mas é assunto para um outro post) quanto nos postos de venda, tudo integrado de forma online com a base oficial da empresa. Assim, tudo fica centralizado e a capacidade de se extrair dados em tempo real é factível. A agilidade conseguida (em conjunto com os funcionários, claro. Sem o apoio e a boa vontade deles, você pode colocar o melhor sistema do mundo que não funcionará) resultou na diminuição das filas e comodidade para comprar de qualquer lugar do mundo.

No começo de tudo o cenário que se tinha era um mundo onde apenas as empresas gigantes, dotadas de um daqueles trambolhos, que eram os Mainframes (acredite, eles ainda existem!!), podiam ter um sistema gerencial. Integrado então, piorou… Hoje em dia empresas dos mais variados ramos (comércio, supermercados, alimentos, siderúrgicas, metalúrgicas, etc) e tamanhos (epp, micro, pequenas, médias e grandes) contam com um sistema integrado.

Destaquei o caso para demonstrar que a expansão dos sistemas hoje em dia não se resume a apenas grandes empresas e com negócios restritos a modelos tradicionais. Inovação é fundamental, seja do lado da fornecedora de software, propondo soluções para melhoria do negócio, seja do lado do cliente, que ditará o norte para qual todos vão caminhar.

As coisas tendem a ficar mais “tangíveis” (é engraçado usar o termo tangível para software) quando começa a se utilizar de ferramentas como DW (Data Warehouse), Workflow, BI (Business Intelligence), encontrando assim tendências, fazendo seu sistema ERP (seja ele Protheus, R/3, Corpore) proativo e se concentrando na estratégia.

E não se assuste quando alguem lhe disser que os sistemas ERP vão dominar o mundo

[tags] erp, microsiga, protheus, sistemas integrados, axe mix, ivete sangalo, estrategia [/tags]


Apaixonado por tecnologia, Cruzeirense e Nerd. Trabalha com TI há mais de 12 anos, porém ficou fascinado com computadores bem mais cedo quando viu o que aparentemente era um 286 rodando um joguinho de corrida via disquete de 5 1/4.

« »

6 Comentários

  1. Alexandre Fugita

    Rafael,

    Pois é, as ERPs vão dominar o mundo. Estou pra criar um (sério!) e ficar rico (ou sem tempo pra nada, hehehe).

    Abraços!

  2. Neto

    Rafael
    E se você resolver investir nas ações da Microsiga
    Pode falar comigo cara! rs

    Abraços

  3. Rafael Arcanjo

    Fugita,
    Seu masterplan tá mais avançado que o meu… Criar um ERP!!! :O
    Tá precisando de um sócio no desenvolvimento colaborativo ? :P

    Neto,
    Ué, que parada é esta ? Vamos conversar rsrsrsrs

  4. Alexandre Fugita

    Hehe! meu Master Plan é simples: dominar o mundo. E visto o sucesso da SAP, Microsiga e outros acho que um ERP está incluso nas coisas que preciso criar, hehehe!

  5. Mario

    Rafael, tenho familiares que trabalham lá na Microsiga, agora TOTVS e os caras, fio, tão querendo dominar tudo. Pelo visto, já tão conseguindo, né?! (risos). De pensar que o Ernesto e o Laércio começaram tão pequeninos na Rua Homem de Melo, num simples birô de informática lá em Perdizes. Hoje, ocupam um quarteirão inteiro da Braz Leme e estão espalhados pelo Chile, Argentina, México e por aí a fora. Abraços, Mário.

  6. Rafael Arcanjo

    Fugita,

    Lembre-se que você me deve passagens para SP quando conseguir dominar o mundo, ok ? :D

    Mario,

    Pois é, a proposta deles é bem ousada. Estão igual ao google, investindo em aquisições. Não demoram comprar a DataSul também…
    É engraçado a história do Laércio que era estagiário do Ernesto e agora é o presidente da maior empresa de software da américa latina… Os caras vão longe!

    Abraços!

Deixe uma resposta

Utilize o formulário abaixo para deixar uma resposta no Arcanjo.org. Os campos marcados com asterisco são obrigatórios.

Você deve estar logado para postar um comentário.